Você sabe o que são gatilhos mentais? Eles são estímulos que ativam o nosso cérebro e influenciam as nossas decisões, emoções e comportamentos. Os gatilhos mentais são usados por profissionais de marketing, vendas, persuasão e comunicação para atrair, envolver e converter o seu público-alvo. Neste artigo, vamos te mostrar 7 gatilhos mentais poderosos para usar em sua comunicação e como aplicá-los na prática. Confira:

7 Gatilhos Mentais Poderosos Para Usar em Sua Comunicação

1. Escassez

O gatilho mental da escassez se baseia no princípio de que as pessoas tendem a valorizar mais o que é raro, limitado ou difícil de conseguir. A escassez gera um senso de urgência e medo de perder uma oportunidade única, fazendo com que as pessoas tomem uma ação mais rápida e impulsiva. Você pode usar o gatilho mental da escassez em sua comunicação de várias formas, como:

  • Oferecer um produto ou serviço com estoque limitado, como “últimas unidades” ou “só hoje”.

  • Criar uma oferta exclusiva para um grupo seleto de pessoas, como “vagas limitadas” ou “somente para os 100 primeiros”.

  • Estabelecer um prazo para uma promoção ou um bônus, como “acaba em 24 horas” ou “só até amanhã”.

  • Mostrar a prova social de que outras pessoas estão aproveitando a sua oferta, como “mais de 500 pessoas já compraram” ou “restam apenas 10 vagas”.

2. Autoridade

O gatilho mental da autoridade se baseia no princípio de que as pessoas tendem a confiar e seguir mais quem tem credibilidade, experiência e reconhecimento no seu campo de atuação. A autoridade gera um senso de segurança e confiança, fazendo com que as pessoas aceitem mais facilmente as suas ideias, sugestões e recomendações. Você pode usar o gatilho mental da autoridade em sua comunicação de várias formas, como:

  • Mostrar os seus resultados, conquistas e depoimentos de clientes satisfeitos, como “mais de 10 mil alunos formados” ou “mais de 100 casos de sucesso”.

  • Exibir os seus diplomas, certificados e premiações, como “formado pela universidade X” ou “vencedor do prêmio Y”.

  • Apresentar-se como um especialista, líder ou referência no seu nicho, como “o maior especialista em Z do Brasil” ou “o criador do método W”.

  • Associar-se a outras autoridades, como “recomendado pelo fulano” ou “parceiro do sicrano”.

3. Reciprocidade

O gatilho mental da reciprocidade se baseia no princípio de que as pessoas tendem a retribuir o que recebem de bom, seja um favor, um presente ou uma informação. A reciprocidade gera um senso de gratidão e compromisso, fazendo com que as pessoas se sintam mais propensas a recompensar você de alguma forma, seja comprando o seu produto, indicando o seu serviço ou compartilhando o seu conteúdo. Você pode usar o gatilho mental da reciprocidade em sua comunicação de várias formas, como:

  • Oferecer um conteúdo gratuito e de valor, como um e-book, um vídeo ou um webinar, que resolva um problema ou uma dúvida do seu público.

  • Dar um brinde, um desconto ou um bônus, que agregue valor ao seu produto ou serviço e que surpreenda o seu cliente.

  • Fazer um elogio, um agradecimento ou um reconhecimento, que valorize o seu público e que fortaleça o seu relacionamento.

  • Pedir um feedback, uma opinião ou uma sugestão, que mostre o seu interesse e que abra uma conversa.
7 Gatilhos Mentais Poderosos Para Usar em Sua Comunicação

4. Prova Social

O gatilho mental da prova social se baseia no princípio de que as pessoas tendem a seguir o que a maioria faz, pensa ou diz, buscando validação e aprovação social. A prova social gera um senso de pertencimento e confiança, fazendo com que as pessoas se sintam mais seguras e influenciadas pelas escolhas e opiniões dos outros. Você pode usar o gatilho mental da prova social em sua comunicação de várias formas, como:

  • Mostrar os números, as estatísticas e os dados que comprovem a sua autoridade, a sua credibilidade e a sua qualidade, como “mais de 1 milhão de seguidores” ou “mais de 90% de satisfação”.

  • Exibir os depoimentos, as avaliações e os comentários de clientes satisfeitos, que expressem os benefícios, os resultados e as transformações que o seu produto ou serviço proporcionou.

  • Apresentar os casos de sucesso, as histórias e as referências de pessoas que alcançaram os seus objetivos, que superaram os seus desafios e que inspiram o seu público.

  • Divulgar as parcerias, as indicações e os reconhecimentos de outras autoridades, que endossem o seu trabalho, que aumentem a sua reputação e que gerem credibilidade.

Veja também: Como montar um negócio lucrativo na Internet e Fazer a Primeira Venda

5. Antecipação

O gatilho mental da antecipação se baseia no princípio de que as pessoas tendem a ficar mais interessadas e curiosas pelo que está por vir, pelo que é novo ou pelo que é surpreendente. A antecipação gera um senso de expectativa e ansiedade, fazendo com que as pessoas fiquem mais atentas e engajadas com a sua comunicação. Você pode usar o gatilho mental da antecipação em sua comunicação de várias formas, como:

  • Criar um suspense, um mistério ou um enigma, que desperte a curiosidade e a imaginação do seu público, como “você não vai acreditar no que eu vou te contar” ou “eu tenho uma surpresa para você”.

  • Anunciar uma novidade, um lançamento ou uma inovação, que mostre o valor e o diferencial do seu produto ou serviço, como “o primeiro do mercado” ou “o mais revolucionário do segmento”.

  • Fazer uma contagem regressiva, um cronograma ou um teaser, que crie um senso de urgência e de escassez, como “faltam apenas 3 dias” ou “só para os 50 primeiros”.

  • Revelar um benefício, um resultado ou uma transformação, que gere um desejo e uma emoção no seu público, como “você vai ficar chocado com o que eu vou te mostrar” ou “você vai se sentir incrível com o que eu vou te ensinar”.

6. Simplicidade

O gatilho mental da simplicidade se baseia no princípio de que as pessoas tendem a preferir o que é fácil, rápido e prático, evitando o que é complexo, demorado e trabalhoso. A simplicidade gera um senso de facilidade e conveniência, fazendo com que as pessoas se sintam mais confiantes e motivadas a tomar uma ação. Você pode usar o gatilho mental da simplicidade em sua comunicação de várias formas, como:

  • Mostrar o passo a passo, o método ou o sistema que você usa ou ensina, que simplifique e otimize o processo, o aprendizado ou a solução, como “apenas 3 passos” ou “em apenas 15 minutos”.

  • Oferecer uma garantia, um suporte ou uma assistência, que reduza o risco, a dúvida ou o medo, como “garantia de 30 dias” ou “suporte 24 horas”.

  • Dar um bônus, um desconto ou uma facilidade, que aumente o valor, a vantagem ou o benefício, como “bônus exclusivo” ou “parcelamento em 12 vezes”.

  • Usar uma linguagem simples, clara e direta, que facilite a compreensão, a comunicação e a conexão, como “você vai aprender” ou “você vai conseguir”.

7. História

O gatilho mental da história se baseia no princípio de que as pessoas tendem a se envolver e se emocionar com histórias, que são capazes de transmitir mensagens, valores e lições de forma mais efetiva e memorável. A história gera um senso de identificação e empatia, fazendo com que as pessoas se conectem mais com você, com

a sua história, com o seu produto ou serviço. Você pode usar o gatilho mental da história em sua comunicação de várias formas, como:

  • Contar a sua história, o seu propósito ou a sua missão, que mostre quem você é, de onde você veio e para onde você vai, como “eu comecei do zero” ou “eu quero mudar o mundo”.

  • Contar a história do seu produto ou serviço, a sua origem ou a sua evolução, que mostre como ele surgiu, como ele funciona e como ele se diferencia, como “eu criei esse produto depois de anos de pesquisa” ou “eu aprimorei esse serviço com base no feedback dos clientes”.

  • Contar a história do seu cliente, o seu problema ou a sua solução, que mostre como ele estava, como ele ficou e como ele se sentiu, como “ele estava insatisfeito com o seu trabalho” ou “ele ficou feliz com o resultado”.

  • Usar elementos de storytelling, como personagens, conflitos, clímax e desfecho, que tornem a sua história mais envolvente, emocionante e persuasiva, como “ele era um herói que enfrentou um vilão” ou “ele teve uma reviravolta que mudou a sua vida”.

Esses são os 7 gatilhos mentais poderosos para usar em sua comunicação. Lembre-se de que os gatilhos mentais são ferramentas que podem potencializar o seu poder de comunicação, mas que devem ser usados com ética, responsabilidade e respeito. Use-os para criar uma comunicação mais efetiva, mais humana e mais conectada com o seu público. Caso queira aprender mais sobre copy, recomendo esse treinamento Formação Copywriting. que é mais focado para aprender de uma forma simples e prático, acesse aqui. Até mais pessoal!

Leia também: 5 dicas de empreendedorismo que estão em alta nesse ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *